Relaxamento

O que acontece quando sonhamos? Conheça o sono REM

  • 30 de outubro de 2017
Mulher Sonhando

Durante o sono, o corpo passa por 4 fases. Cada uma delas é responsável pelos processos de descanso, liberação de hormônios e consolidação da memória. A última etapa — o sono REM — é a mais profunda e é quando a mente processa tudo o que foi aprendido ao longo do dia, além de organizar e descartar o que considerar que não é importante.

Além disso, o sono REM é uma etapa importante de uma noite bem-dormida. Por isso, é essencial conhecer mais sobre ele e sua função no organismo. No post de hoje, você vai conhecer melhor essa fase do sono, sua relação com os sonhos e o que fazer para dormir melhor. Acompanhe!

Promoção desconto 10%

As fases do sono

Antes de entender sobre o sono REM, é importante saber também sobre as fases que o antecedem:

  • fase 1: ocupa, em média, 10% da noite. Basicamente, é o início do sono, quando o corpo ainda está no início do descanso. Na fase 1, passa-se por um processo que varia entre sono e vigília;
  • fase 2: ocupa 45% da noite e é o momento em que os batimentos cardíacos desaceleram, assim como a respiração. Os músculos também começam a relaxar e a temperatura corporal fica mais baixa. Apesar de ser a fase que ocupa a maior parte do tempo de descanso, é considerado um sono leve, também chamado de sono de conexão;
  • fase 3: abrange em torno de 25% da noite e é quando o sono se aprofunda um pouco mais, em comparação com a fase 2, já que o metabolismo desacelera, a respiração fica ainda mais leve e os batimentos cardíacos mais fracos. É a última fase antes do REM.

O sono REM

REM é a sigla para Rapid Eyes Movement, ou seja, Movimento Rápido dos Olhos. Essa fase foi descoberta em 1953 por dois pesquisadores da área que perceberam que, em determinado momento do sono, os olhos se mexiam de maneira rápida e incessante.

O sono REM é a etapa em que há uma rápida atividade do cérebro e, em contrapartida, o corpo fica lento e os músculos completamente relaxados. O curioso é que se for feito um eletroencefalograma para detectar as atividades cerebrais, o exame dirá que a pessoa está acordada, porém, esse é o estágio do sono mais difícil para se acordar alguém.

Outra curiosidade relacionada a essa fase é que, embora os músculos estejam bem relaxados, podem ocorrer movimentos bruscos e até a emissão de sons e palavras — em pessoas com essa característica.

O sono REM acontece mais de uma vez durante a noite, já que ele é intercalado com etapas de sono NREM (Movimento Não Rápido dos Olhos). Estima-se que ele aconteça de 5 a 6 vezes por noite, em intervalos de 90 minutos. E é exatamente no sono REM quando ocorrem os sonhos — que ainda são alvo de muita curiosidade das pessoas.

A relação entre os sonhos e o sono REM

Como vimos, é no sono REM que os sonhos acontecem. O ciclo NREM dura de 70 a 90 minutos, enquanto o REM dura, aproximadamente, apenas 5 minutos, podendo aumentar ao longo da noite. E é nesse curto intervalo de tempo que os sonhos são formados.

Você sonha toda noite. Porém, muitas vezes, não se lembra do que sonhou e isso pode acontecer com frequência, certo? Mesmo que você sonhe muito durante a noite, o cérebro consegue armazenar, no máximo, um sonho em sua memória consciente.

Ou seja, você só vai lembrar do seu último sonho — e apenas se você for acordado até dez minutos depois que ele acaba ou enquanto sonha, se acordar durante a etapa REM. Se você levanta muitas vezes na madrugada, pode ser que se lembre de vários sonhos no decorrer da noite.

Os sonhos mais intensos — e que trazem a sensação de serem reais — acontecem, na maioria das vezes, quando há privação de algumas horas de sono. Quando você não repousa durante o tempo que precisa, o cérebro envia uma mensagem de que seu corpo está “devendo sonhos”. Por isso, o sono é mais intenso — e os sonhos também.

Segundo estudos, a privação da fase REM é o que causa a intensidade dos sonhos. Portanto, para ter bons sonhos e não acordar no meio da noite com um pesadelo ou uma sensação de ter vivido aquilo intensamente, a solução é dormir bem e na quantidade certa.

colchão ideal para você

Dicas para dormir melhor

Pratique a higiene do sono

Para que você durma mais, é importante pegar no sono com facilidade. É comum a reclamação de que a pessoa deita na cama, mas fica horas se revirando até dormir. Para pegar no sono, crie o hábito de limpar a sua mente algumas horas antes de se deitar.

Para isso, esqueça os dispositivos eletrônicos, como tablets, TV e celulares. A luz emitida por eles faz com que seu cérebro pense que é dia, bloqueando a produção de melatonina, substância responsável pelo sono. O ideal é ter um ritual antes de ir dormir: tome um banho, leia um livro e deixe a luz baixa. Assim, você vai condicionar o relógio biológico do seu corpo ao horário de deitar e vai dormir mais rápido.

Invista em um bom colchão

A falta de sono também pode vir do desconforto para dormir. Investir em um bom colchão vai fazer uma enorme diferença na qualidade do seu sono. Para isso, pesquise bastante sobre as tecnologias disponíveis nos colchões e, se você tem algum problema de coluna ou dificuldades para dormir, fale com os vendedores e escolha um modelo que se adapte às suas necessidades. É necessário procurar por um produto com a densidade correta, de acordo com o seu biotipo, e produzido com materiais de qualidade.

Como você viu, o sono REM é o responsável pela qualidade e pela quantidade dos seus sonhos — e conhecer essas etapas é uma forma de melhorar sua qualidade de vida e ter mais ânimo para realizar as tarefas do dia a dia, sempre com saúde e se preocupando com o conforto durante o sono.

E você, costuma sonhar com muita intensidade ou de maneira mais tranquila? Deixe seu comentário aqui no post!

Colchões Americanflex

4 Comentários

  • Adriana Sinhoreti

    Amei o assunto sobre o sono REM

    Reply
  • Antonio Silva

    Adoro sonhar. Mesmo qdo alguns sejam inquietantes, ou recorrentes – avisa-me para os problemas não, ou mal resolvidos. De alguns lembro-me com muita nitidez, e adoro qdo são agradáveis e as sensações perduram durante o dia, ou dias. Gostei do artigo porq, agora que tenho um fitbit, vejo em grafico as fases e as suas durações percebo melhor o que se passa qdo nao estou em vigilia.

    Reply
  • Isabel Ramos

    Olá boa tarde, pois não adoro sonhar,
    Porque eu sonho todas as noites, e já lá vai algum tempo, meses até, não sei o que se passa acordo com a cabeça muito cansada e muito sensível aos barulhos

    Reply
    • Americanblog

      Olá Isabel, como vai? Uma boa dica é criar uma rotina para antes de dormir, desta forma o cérebro já vai se adequando ao horário de dormir.
      Evite aparelhos eletrônicos próximo a hora de dormir, pode confundir o cérebro! E como comentado no post, sabemos que os sonhos mais intensos são ocasionados por privação de sono, sendo assim, procure sempre dormir o número adequado de horas.

      Reply

Responder