Relaxamento

Conheça os 5 principais benefícios do alongamento para o corpo

  • 9 de março de 2019
benefícios alongamento

Você conhece os benefícios do alongamento? Por incrível que pareça, essa prática tão simples pode ser extremamente vantajosa para o nosso organismo, e a sua realização diária é recomendada a todos, independentemente de como funciona a sua rotina individual.

O alongamento, de modo geral, promove o estiramento e o consequente relaxamento das fibras musculares. Aos poucos, isso melhora a capacidade de flexibilização dos músculos, tornando-os menos propensos a sofrer danos e reduzindo uma série de problemas no organismo.

A seguir, vamos mostrar algumas das vantagens que essa atividade, quando praticada no dia a dia e com uma certa regularidade, pode trazer para o organismo e para a qualidade de vida daqueles que a fazem. Além disso, abordaremos alguns exercícios simples que podem ser feitos por qualquer pessoa. Boa leitura!

Quais são os benefícios do alongamento?

Antes de abordarmos algumas dicas e exemplos de exercícios de alongamento, que tal conferirmos os principais benefícios dessa prática para a saúde de todo o corpo? Vamos lá!

1. Melhora a postura corporal

A postura é um fator muito importante para a nossa qualidade de vida. Quando está inadequada, ela pode prejudicar inúmeros processos de nosso organismo, afetando as vértebras e músculos e causando muita dor.

Além disso, melhorá-la ajuda bastante em fatores como a concentração e na performance em atividades físicas (algo que também é favorecido pela flexibilidade). De modo geral, os alongamentos podem ajudar bastante nesse ponto.

2. Ajuda a relaxar e reduz o estresse

O estresse é um dos problemas mais graves enfrentados pela sociedade atualmente. Por isso, alongar é uma boa estratégia para reduzir os sintomas e efeitos dessa situação.

Seja pela redução da tensão muscular, que costuma se intensificar em momentos estressantes, ou pela proximidade dessa prática com a meditação, uma coisa é certa: alongar vai deixá-lo emocionalmente mais tranquilo.

3. Ativa a circulação sanguínea

Problemas com a circulação também são bastante comuns em nossa população. Eles prejudicam, pouco a pouco, o funcionamento de todo o organismo, cujos tecidos necessitam de oxigênio para funcionar.

Uma maneira de evitar esse problema é fazer alongamentos periodicamente, já que essa movimentação estimula a circulação nos músculos. Assim, as dores musculares são reduzidas e o corpo todo é beneficiado.

4. Melhora a qualidade do sono

Estar mais tranquilo e menos estressado é excelente para o sono. Infelizmente, a rotina caótica em que vivemos pode fazer com que os padrões da hora de dormir sejam severamente prejudicados.

Alongar antes de deitar, por exemplo, faz muito bem para o nosso corpo, preparando-o para relaxar definitivamente durante o sono. E o melhor é que cinco minutinhos já são o suficiente!

5. Aumenta a flexibilidade

Quando feito com regularidade, o alongamento auxilia no aumento da flexibilidade, algo crucial para a qualidade de vida. Além de ajudá-lo a realizar as tarefas do dia a dia com mais facilidade, ser mais flexível evita lesões e uma série de problemas.

Outra vantagem de trabalhar a flexibilidade é prevenir os problemas que surgem com o envelhecimento. Dessa forma, os efeitos do ano sobre o organismo daqueles que se alongam são menos intensos.

Quais são os tipos de exercícios de alongamento?

Agora, vamos conversar sobre os principais tipos de alongamento, para que você saiba exatamente quando e quais incluir em seu dia a dia!

Estático

O alongamento estático, como o nome já indica, envolve manter a posição corporal por cerca de 20 segundos. Esse tipo é mais comumente utilizado após a prática de exercícios físicos, para relaxar os músculos.

Dinâmico

Aqui, são utilizados movimentos calculados que estimulam o alongamento de seus músculos por meio da movimentação. Eles são, normalmente, utilizados antes dos exercícios, de modo a preparar as cadeias musculares para as atividades.

Ativo

Essa é uma variação do alongamento estático, indicada para pessoas mais preparadas. Ela envolve o alongamento dos músculos até o limite máximo. Algumas posturas de yoga e pilates, por exemplo, se encaixam nesse grupo. Ele também é utilizado para o fortalecimento muscular.

Balístico

Rápido e parecido com uma atividade aeróbica, esse alongamento — também é chamado de calistenia — é indicado para quem já tem alguma prática com esse tipo de atividade.

Isométrico

Por fim, temos outro tipo de alongamento derivado do tipo estático. Aqui, o fortalecimento dos músculos é ainda mais intenso.

Um bom exemplo de exercício é a prancha, que ajuda no desenvolvimento de diversos grupos musculares.

Como fazer os exercícios de alongamento da maneira correta?

Por fim, vamos conversar sobre dicas essenciais para garantir que os alongamentos sejam feitos com a devida segurança, evitando lesões e problemas relacionados à prática mal executada. Confira!

Faça alguns minutos de aquecimento

Para que o alongamento seja bem aproveitado, faça alguns minutos de aquecimento antes de realizá-lo. Isso preparará os seus músculos tanto para a próxima etapa, quanto para todo o dia.

Respire com calma

Uma boa respiração pode fazer maravilhas. Utilize o diafragma (músculo localizado na região do abdômen) para inspirar e expire cuidadosamente. Isso relaxará todo o seu corpo e fará com que os alongamentos sejam melhor aproveitados.

Não sobrecarregue a sua coluna

Evite, sempre que possível, a sobrecarga na região de sua coluna. Deixe-a sempre em uma posição neutra e não realize movimentos bruscos nessa área. Isso pode causar lesões e prejudicar todo o seu exercício.

Comece pelos grupos maiores

Uma boa dica é sempre começar dos músculos maiores para os menores. Por isso, antes de alongar as mãos, realize o procedimento em seus braços — e assim sucessivamente.

Peça a ajuda de um profissional

Caso você não faça a menor ideia de como começar os alongamentos, busque o auxílio de um profissional. Ele poderá ajudá-lo com as posições e realizações dos exercícios até que você consiga fazê-los completamente sozinho.

Agora que você já conhece os principais tipos e benefícios do alongamento, e sabe como fazê-los corretamente, o que está esperando? Inclua esse hábito em sua rotina e ganhe muito em saúde e qualidade de vida!

Gostou deste artigo? Quer ler mais sobre saúde e bem-estar? Então, curta a nossa página no Facebook! Por lá, você ficará por dentro de todas as novidades e receberá as publicações em primeiríssima mão. Até a próxima!

Colchões AmericanflexPowered by Rock Convert

Sem Comentários

Responder