Relaxamento

Precisamos conversar sobre como aliviar o seu estresse

  • 22 de junho de 2017
Precisamos conversar sobre como aliviar o seu estresse | Americanflex

O brasileiro é um dos mais estressados do mundo, perdendo apenas para os japoneses. Isso é o que aponta uma pesquisa da Associação Internacional de Controle ao Estresse.

Na pesquisa, 70% dos entrevistados afirmaram que o trabalho é o responsável pelo alto nível de estresse. E não é para menos: na crise, as empresas precisam se reinventar para sobreviver e as cobranças sobre os resultados aumentam, sobrecarregando os trabalhadores.

Além disso, a correria da vida moderna — em que é preciso conciliar família, filhos, trabalho e estudos — também é responsável pelo desgaste físico e emocional.

E, para não adoecer e deixar que esse mal consuma a sua saúde, você precisa aprender algumas formas de aliviar o estresse. Vamos falar sobre isso mais adiante, mas primeiro, vamos entender o problema. Confira:

O que é o estresse?

O estresse, normalmente, é definido como um conjunto de reações do corpo em resposta a fatores que desencadeiam o desequilíbrio do organismo.

O problema está ligado ao aumento do cortisol no sangue, hormônio liberado em momentos de maior agitação, como em exercícios físicos e situações de tensão.

O estresse pode ser caracterizado por sentimentos de medo, desconforto, preocupação, irritação e frustração, e é motivado por fatores distintos.

Quais são as causas do estresse?

Uma pessoa pode ficar estressada em várias situações, inclusive em momentos importantes de sua vida, como o nascimento de um filho, por exemplo.

No entanto, esse é apenas um exemplo. Há diversos fatores que desencadeiam esse mal, tais como:

  • pressão no trabalho;
  • morte de alguém querido;
  • perda de emprego ou dificuldade financeira;
  • divórcio ou fim de um relacionamento;
  • excesso de trabalho ou estudos;
  • problemas familiares.

Enfim, são inúmeros os fatores e eles variam de pessoa para pessoa, pois algumas tendem a suportar a pressão com mais facilidade.

Além da questão emocional, alguns alimentos como café, bebidas alcoólicas, alimentos industrializados e frituras também contribuem para aumentar os níveis de estresse.

Quais são os sintomas do estresse?

Os sintomas do estresse podem ser tanto físicos como psicológicos. Os sinais iniciais, geralmente, são:

  • indisposição;
  • irritabilidade;
  • desgaste físico e mental;
  • dores de cabeça;
  • desequilíbrio emocional;
  • insônia ou excesso de sono;
  • ganho de peso;
  • queda de cabelo;
  • cansaço;
  • baixa produtividade.

Mesmo que apresentem apenas alguns desses sintomas, as pessoas só percebem que estão estressadas quando adquirem algum tipo de doença.

Se não for tratado no início, o estresse pode evoluir e causar outros males como: depressão, asma, gastrite, infarto e até mesmo alguns tipos de câncer.

Então, se você não quer correr o risco de contrair uma doença grave, deve aprender a levar uma vida mais leve, deixando esse mal bem longe de sua vida. Se você acha isso difícil, continue a leitura para saber algumas dicas de como minimizar e combater o problema.

Como aliviar o estresse no dia a dia?

Fugir de situações estressantes é uma coisa totalmente impossível, pois todos estamos suscetíveis a ocorrências desagradáveis.

Além disso, a vida moderna, em si, já é o suficiente para deixar qualquer ser humano com os nervos à flor da pele, prejudicando o sono e a saúde. Por isso, é importante que você aprenda a aliviar os sintomas desse mal. Veja algumas dicas:

1. Identifique as causas do estresse

Para aprender a aliviar o estresse, a primeira coisa que você deve fazer é identificar o que anda tirando você do sério. Talvez seja o seu trabalho, o excesso de atividades, um relacionamento ruim, enfim, você precisa descobrir a causa e cortar o mal pela raiz.

Mas, isso não significa que, se você estiver estressado com seu trabalho, precisa largar o emprego. Nada disso! Uma maneira de tentar resolver o problema é conversar com seus colegas e superiores. Talvez, mudar de área na empresa ou adequar seus horários ajude a diminuir a tensão.

colchão ideal para você

2. Tenha um sono de qualidade

Não há coisa mais estressante do que uma noite mal dormida. A qualidade do sono é um fator muito importante para ter qualidade de vida e manter o bom humor. Por isso, procure dormir o suficiente para acordar descansado e renovado.

Uma cama confortável, um bom colchão e um local tranquilo, sem ruídos de TV, por exemplo, ajudam a ter um sono de qualidade.

3. Aprenda a dizer não

Existem pessoas que não conseguem dizer não. Por isso, vão acumulando tarefas e obrigações e ficam estressadas porque precisam realizar muitas atividades ao mesmo tempo.

Se você é esse tipo de pessoa, pare agora! Aprenda a dizer não sem culpa. Você não tem obrigação de fazer tudo o que pedem. Se você sempre diz sim, as pessoas vão continuar abusando de sua boa vontade.

4. Faça meditação

Praticar meditação faz muito bem para o corpo e para a alma.

Além disso, é uma ótima forma de aliviar o estresse do dia a dia. A prática é bastante simples e você só precisa escolher um local silencioso para se desligar do mundo por uns 5 minutos.

Faça isso diariamente o observe os benefícios.

5. Pratique uma atividade física

Praticar atividades físicas é uma das melhores formas de combater diversos males, inclusive a depressão e o estresse. O exercício físico proporciona sensações de prazer, autocontrole e aumento da autoestima, além de ajudar a manter a saúde do corpo.

Por isso, você deve praticar pelo menos 30 minutos de atividades físicas diariamente, mesmo que seja somente uma simples caminhada.

6. Afaste-se de pessoas tóxicas

Há pessoas que sugam nossas energias e nos deixam extremamente irritadas — são verdadeiros vampiros emocionais, sugadores de energia, que deixam qualquer um esgotado.

Se você convive com esse tipo de pessoa, procure se afastar o máximo possível. Você vai ver como isso vai aliviar consideravelmente o seu estresse e você viverá melhor.

Quando procurar ajuda médica?

Agora que você conhece algumas dicas de como aliviar o estresse, tente de todas formas viver com mais tranquilidade. Se, ainda assim, você sente que não é o suficiente, está na hora de procurar ajuda profissional antes que as coisas piorem.

A terapia, por exemplo, é uma ótima maneira para aprender a lidar com situações estressantes e ter maior controle emocional, mas somente um médico ou psicólogo poderá indicar o melhor tratamento.

O que achou do post de hoje? Conhece alguém que precisa aprender a controlar o nervosismo e a aliviar o estresse? Então, compartilhe este post em suas redes sociais!

Colchões AmericanflexPowered by Rock Convert

2 Comentários

  • CELSO DE SOUZA CARDOSO

    Excelente texto! Estava realmente precisando entender isso! Obrigado!

    Reply
    • Americanblog

      Olá Celso!
      Ficamos muito felizes em ter lhe ajudado 😉
      Acompanhe o nosso blog que postamos semanalmente matérias que podem ajudar na qualidade do seu sono.

      Reply

Responder