Dicas

Saiba como combater a insônia e melhore o seu sono

  • 21 de setembro de 2018
combater a insonia

A dificuldade para dormir afeta 73 milhões de indivíduos em todo o país, segundo a Associação Brasileira do Sono. Por causa disso, essa fatia da população está propensa a ter um rendimento reduzido em suas atividades pessoais e profissionais. Logo, a pergunta que muitos fazem é: afinal, como combater a insônia?

Inexiste uma resposta única para a questão. Isso porque as causas da falta de sono são variadas, logo o tratamento depende de sua origem. A boa notícia é que algumas medidas práticas podem ser tomadas para auxiliar as pessoas que enfrentam o problema.

Neste post, você vai saber o que é insônia, quais as causas principais, qual a sua relação com o colchão e o travesseiro que utilizamos e as formas de combatê-la. Veja!

O que é insônia?

A insônia é um distúrbio caracterizado pela dificuldade em adormecer ou dormir durante toda a noite. Por isso, pessoas que dormem mal — e menos horas do que é necessário — estão sempre cansadas, já que a qualidade do sono fica comprometida.

Falta de energia, mau humor e queda na produtividade — tanto no trabalho e nos estudos como em qualquer outra atividade — são alguns dos prejuízos provocados pela insônia. Sendo assim, é fundamental procurar ajuda médica para descobrir a origem do problema e as formas de solucioná-lo.

Quais as causas da dificuldade para dormir?

Fatores físicos, biológicos e psicológicos ocasionam a insônia. Saiba, a seguir, quais são as principais causas da dificuldade para dormir!

Ansiedade

As preocupações do dia a dia, sem dúvida, atrapalham a qualidade do nosso sono. Quando sentimos ansiedade por conta de algum desafio que está por vir — seja no campo pessoal, seja na esfera profissional —, também tendemos a dormir menos.

Estresse

O cansaço físico e mental provoca estresse e, por conseguinte, compromete o sono de muita gente. Um exemplo clássico que propicia tal quadro é a pressão sofrida no ambiente de trabalho. Além disso, eventos traumáticos, como a morte de um ente querido, afetam o repouso durante a noite.

Depressão

Embora grande parte das pessoas diagnosticadas com depressão durma além do normal, essa também é uma das principais causas da insônia. Inclusive, muitas delas recorrem aos remédios para dormir. Vale lembrar que a automedicação é um perigo para a saúde e leva à dependência. Portanto, um especialista deve ser procurado para tratar a doença.

Consumo de álcool e outras drogas

Algumas drogas são estimulantes que alteram o nosso organismo e, portanto, provocam insônia. O álcool, muitas vezes, ajuda as pessoas a pegarem no sono, porém impedem que elas alcancem as fases mais profundas de um repouso, levando-as a despertarem durante a noite.

Alterações hormonais

As alterações hormonais também resultam em dificuldade para dormir. Isso acontece mais em mulheres do que em homens, principalmente devido a desajustes no ciclo menstrual. Da mesma forma, as queixas de insônia costumam aumentar quando elas chegam à fase da menopausa.

Idade

A falta de sono em pessoas de idade avançada é comum por causa de alterações biológicas relativas ao envelhecimento e à saúde. Essa situação atinge ainda mais os idosos pouco ativos, já que eles têm mais tempo de tirar sonecas ao longo do dia. Logo, quem investe em qualidade de vida tem noites muito mais tranquilas e relaxantes.

É importante ressaltar que a insônia está relacionada, ainda, com as doenças do sono, como a apneia, entre outras causas. Portanto, se você tem dificuldade para dormir — ou dorme mal — e desconhece a origem, é fundamental procurar ajuda médica para o correto diagnóstico e tratamento.

Qual a relação entre a falta de sono e o colchão que você usa?

Você tem a saúde física e mental perfeita, mas, ainda assim, está com dificuldades para dormir? Nesse caso, o problema pode estar no seu colchão ou, até mesmo, no travesseiro que utiliza. Aliás, qual foi a última vez que realizou a troca desses artigos?

Em geral, um colchão — seja de espuma, seja de molas — tem a durabilidade de cinco anos. Após esse prazo, ainda que ele pareça inteiro, não sustenta o corpo de forma adequada, o que prejudica a qualidade do sono e, consequentemente, gera insônia.

Quando utilizamos um colchão vencido ou impróprio, sentimos dores no corpo e na coluna (devido a problemas na postura), além de cansaço e dificuldade para nos concentrar durante o dia. Pessoas alérgicas sofrem por causa da ação de microrganismos, propícios a se instalarem em artigos envelhecidos. Logo, a aquisição de um produto confortável e de qualidade é a chave para combater a insônia.

Como combater a insônia?

Se você quer descobrir como combater a insônia, preste atenção nas dicas a seguir!

Pratique ioga e meditação

Como sabemos, o estresse e a ansiedade são duas causas comuns de insônia. Porém, para combatê-la, você pode recorrer à ioga e à meditação. A ioga é uma prática milenar que significa, basicamente, “união”. Por meio de exercícios, espera-se encontrar a estabilidade total do corpo — interna, externa e mental.

Já a meditação é uma técnica praticada pelos antigos hindus, em que se esvazia a mente de todos os pensamentos. Tal prática busca a estabilidade mental e é usada para melhorar o desenvolvimento pessoal e o autocontrole.

Ambos os métodos ajudam as pessoas a se livrarem de pensamentos negativos e preocupações para alcançar um estado de relaxamento do corpo e da mente, o que, convenhamos, é essencial para ter uma noite de sono tranquila.

Faça terapia

Além de ser recomendada por nos ensinar a lidar com as emoções, a terapia é uma alternativa procurada por muitas pessoas que desejam saber como combater a insônia. Nesse caso, a linha mais indicada é a cognitivo-comportamental, também chamada de TCC. Isso porque, durante o tratamento, o paciente tem condições de refletir sobre o que impede o seu sono. Esse é bom caminho para encontrar a solução para o problema.

Mude hábitos

Nas horas que antecedem o sono, não é indicado consumir alimentos ou líquidos à base de cafeína, como o chá-preto, refrigerantes, chocolates e álcool. Afinal, essas substâncias são estimulantes e nos mantêm alerta justamente na hora de dormir.

Além disso, a recomendação é evitar o cigarro. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a nicotina gera ansiedade e, portanto, afeta o nosso sono. Em vez disso, pratique atividades relaxantes, como tomar um banho morno e ler. Esse processo ajuda a aliviar as tensões do dia e sinaliza para a mente que é hora de descansar.

Outro hábito que deve ser adotado é a rotina de sono. Afinal, dormir e levantar no mesmo horário todos os dias é importante para regular o relógio biológico interno. Assim, o corpo e a mente acostumam-se a repousar na hora adequada, o que ajuda a combater a insônia.

Exercite-se

Exercitar-se diariamente ou, pelo menos, três vezes por semana faz com que o corpo gaste uma quantidade considerável de energia. Assim, será ainda mais necessário descansar durante a noite, concorda?

No entanto, é recomendado realizar os exercícios de cinco a seis horas antes de ir para a cama, uma vez que eles nos deixam alertas devido a substâncias liberadas no sangue. Outro ponto positivo das atividades físicas é que elas liberam endorfina, um neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar.

Prepare o ambiente antes de dormir

Sem dúvida, um quarto inadequado para dormir é um fator que atrapalha a qualidade do sono. Sendo assim, antes de repousar, o ambiente precisa estar silencioso, escuro e com uma temperatura agradável.

Embora muitas pessoas desconheçam, a iluminação incorreta está entre as causas da insônia. Isso acontece porque em nossos olhos há células capazes de perceber a luz — principalmente a azul, emitida pelos aparelhos eletrônicos. Ao captá-la, os fotorreceptores enviam uma mensagem para que a produção de melatonina seja interrompida.

A principal função desse hormônio é organizar o ciclo circadiano, já que ele sinaliza para o corpo que está na hora de dormir. Assim, o corpo relaxa, os sinais vitais se acalmam, e a pessoa se prepara para entrar no sono. No entanto, a melatonina só é produzida no escuro total.

Então, como combater a insônia nesse caso? A resposta é simples. O ideal é não utilizar smartphones e tablets na cama, além de deixar a TV desligada momentos antes de repousar. É importante, ainda, apagar as luzes de abajures e as demais presentes no ambiente, mesmo que elas sejam fracas.

Use remédios caseiros

Existem várias medicações usadas para tratar a insônia. Porém, é comum que elas causem grande dependência, sendo necessário aumentar as doses com o passar do tempo. Que tal, então, optar pelos remédios caseiros ou, ainda, alimentos que ajudam a dormir?

Um copo de leite quente, por exemplo, já é o suficiente para acalmar o corpo antes de deitar-se. Para potencializar o efeito, a dica é acrescentar mel. Combinados, eles aumentam a produção de serotonina — hormônio do prazer —, logo relaxam o corpo e promovem uma boa noite de sono.

Os chás também são excelentes calmantes. Enquanto a erva-cidreira ajuda no combate à ansiedade e ao nervosismo, o lúpulo contém propriedades medicinais que atuam no relaxamento do organismo e, por conseguinte, na indução ao sono. A valeriana e a camomila são alternativas a que podemos recorrer.

Tenha um colchão e travesseiros de boa qualidade

Escolher um colchão inadequado ou de má qualidade compromete o sono porque o corpo fica sem o apoio necessário, o que gera dores na coluna, na cervical e nas articulações. Quando isso acontece, as pessoas tendem a trocar de posição várias vezes durante a noite.

Da mesma forma, o uso de travesseiros impróprios provoca dores, tensões e até mesmo dificuldade para dormir, já que eles, quando perdem a validade, deixam de promover o alinhamento da coluna cervical e o sustento da cabeça.

Por esse motivo, esses artigos precisam ser selecionados com critério, de acordo com o peso e a altura da pessoa que vai usá-los. O conforto e a qualidade, é claro, também devem ser levados em consideração para que os produtos auxiliem em uma excelente noite de sono.

E então, aprendeu como combater a insônia com as nossas dicas? É importante lembrar-se de que as causas da dificuldade para dormir são variadas, portanto, em determinadas situações, apenas um especialista poderá diagnosticá-la para tratar o problema corretamente.

Agora que sabe o que fazer para garantir um sono melhor, que tal conferir as opções de travesseiros no site da Americanflex? Adquira já o seu artigo e tenha uma ótima noite de sono!

Colchões AmericanflexPowered by Rock Convert

2 Comentários

  • Keilla Kainara

    Um bom colchão é o segredo para uma noite tranquila.

    Reply
    • Americanblog

      Olá Keilla!
      Com certeza! Investir em um bom colchão é investir em qualidade de vida 🙂

      Reply

Responder