Dicas

Descubra como eram as camas antigas

  • 17 de abril de 2018
Camas antigas

Você já imaginou viver sem uma cama? Pois acredite, os homens pré-históricos dormiam diretamente sobre o chão. Mesmo na civilização egípcia, quando já existiam modelos precários de camas antigas, elas eram exclusividades dos faraós.

Portanto, agradeça o conforto de sua cama e aproveite para se deitar nela e ler este texto cheio de curiosidades históricas e descubra como eram as camas de antigamente. Confira!

Promoção desconto 10%

A origem das camas antigas

Desde a pré-história, quando elas sequer existiam, os homens já usavam diversos artifícios — peles, folhas secas, palha — na busca por um pouco de conforto ao se deitar. Como é de se imaginar, além do desconforto, deitar no solo representava uma ameaça à saúde e à vida, devido ao frio, picadas de animais e outros perigos.

Assim, pouco a pouco a cama foi criada e modificada por diversas civilizações, até chegarmos ao modelo atual. Dessa maneira, não podemos nomear um inventor ou mesmo determinar quando a cama foi inventada. Os primeiros registros do uso desse mobiliário datam da época das civilizações egípcia e mesopotâmica.

Sem dúvida, apesar de não termos uma data para comemorar a invenção da cama, podemos considerar um grande avanço, o qual garante mais qualidade do sono e saúde para as pessoas.

A evolução do mobiliário ao longo do tempo

Egípcios

Os primeiros modelos que se tem registro eram pequenas camas dobráveis de madeira, com uma elevação da cabeceira, que servia como apoio para a cabeça. Eram considerados artigos de luxo na civilização egípcia, portanto, exclusividade dos faraós e seus altos funcionários.

Com o passar do tempo o móvel foi sofrendo adaptações. Na época do Faraó Tutankhamon, as camas egípcias eram tão altas que era necessária uma escada para chegar até elas.

Romanos

Já os romanos, por influência dos gregos, utilizavam as camas não só para dormir, mas também para comer. Por isso, as camas ficavam dispostas ao redor das mesas nas quais eles se reuniam para refeições e festas. Estima-se que o primeiro colchão tenha sido inventado pelos romanos. Era constituído por duas peças, de pele ou tecido, costuradas e preenchidas com material orgânico, como palha, pelo de animais, penas ou lã.

Idade Média

Foi apenas na Idade Média que as camas deixaram aposentos comuns e foram levadas para quartos privativos. A essa altura, os modelos contavam com o dossel, espécie de cortina que cobria a cama apoiada em quatro colunas de madeira.

O artigo, desenvolvido pelos persas, servia para proteger do rigoroso inverno europeu, bem como de insetos e outros bichos que viviam nos forros das casas — além de representarem diferenças hierárquicas.

Pós-Revolução Industrial

Já no século XVIII elas se tornaram peças arquitetônicas, sendo adornadas com esculturas, painéis e tapeçarias suntuosas. Os modelos dessa época podem ser vistos em filmes e séries, nos cômodos dos personagens da realeza.

Entretanto, foi somente após a Revolução Industrial que as enormes camas antigas foram substituídas por modelos menores. Com a possibilidade de usar novos materiais e de produzir em massa, surgiram as armações em ferro, mais simples que se assemelham mais aos modelos que conhecemos hoje.

A partir daí, as camas evoluíram no sentido de ocupar cada vez menos espaço, chegando aos modelos de cama box, tão populares hoje em dia.

colchão ideal para você

Algumas curiosidades e crendices sobre camas

Ao longo da história, a cultura popular criou uma série de superstições a respeito das camas. Conheça agora algumas crendices que se propagaram, sendo passadas de geração para geração, além de outras curiosidades sobre o tema.

  • deve-se dormir com os pés voltados para o Oeste, para não passar mal à noite;
  • nunca se deve interromper quem está arrumando a cama, caso contrário quem dormir nela terá pesadelos;
  • a cama não deve ser posta em posição transversal ao fluxo de água que passe por baixo do quarto;
  • alguns acreditam que dormir em uma cama centenária ajuda a ter sucesso;
  • na China, há um museu inteiramente dedicado à história das camas.

Como vimos, trata-se de uma história rica em cultura. A evolução das camas antigas atravessou diversas civilizações e foi ganhando contribuições até chegar aos modelos atuais.

Se você gostou do post, compartilhe-o nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre as camas antigas!

Colchões Americanflex

Sem Comentários

Responder