Dicas

Saiba como escolher colchão ortopédico

  • 26 de setembro de 2018
colchão ortopédico

Nossa qualidade de vida depende de uma série de fatores. Alguns exemplos incluem ter uma alimentação balanceada, passar um tempo com aqueles que amamos e praticar exercícios físicos. Além disso, boas noites de sono também são fundamentais e podem ser obtidas com a ajuda de colchões específicos, como os ortopédicos. A questão é saber como escolher o colchão ortopédico ideal.

Se você acha que esse tipo de colchão tem uma estrutura de madeira e, consequentemente, é muito duro e desconfortável, se enganou! Na verdade, existem várias opções de colchões ortopédicos muito confortáveis, e é justamente sobre isso que vamos falar neste post.

Material, densidade e tamanho são alguns dos fatores que devem ser levados em conta na hora de escolher um novo colchão. Quer conhecer melhor todos esses itens para comprar o produto perfeito para as suas necessidades? Então continue a leitura!

Promoção desconto 10%

Por que você deve ter um colchão ortopédico?

Muitas vezes, associamos o uso do colchão ortopédico somente a quem já tem algum problema de coluna, por exemplo. No entanto, esse tipo de colchão pode e deve ser usado por todos. Isso porque oferece muito mais conforto durante o sono, fator que contribui para melhorar a qualidade de vida.

Pelo fato de se moldar ao corpo da pessoa, ele oferece o suporte necessário a todos os ossos. Assim, nenhuma parte do corpo é forçada em razão da má postura — o que é ótimo para um sono tranquilo, bem como para o indivíduo ter um dia mais produtivo ao acordar.

Mas, atenção! Se você já enfrenta dores ou desconforto enquanto dorme e quer saber como escolher um colchão ortopédico que vai solucionar seu problema, é importante fazer acompanhamento com um médico. Ele conseguirá diagnosticar a disfunção e indicará o modelo mais adequado para o seu caso.

O que caracteriza esse tipo de colchão?

Agora chegou um dos momentos mais importantes da nossa conversa: a definição das características mais marcantes de um colchão ortopédico. Com esse conhecimento, você poderá entender melhor a relevância desse tipo de produto no dia a dia de pessoas que se preocupam com a própria saúde e com a qualidade do sono.

De modo geral, as características que devem estar presentes em um colchão para que ele seja considerado ortopédico são:

  • firmeza — evita que o material se deforme à medida que é usado;
  • maleabilidade e flexibilidade — o colchão se molda ao corpo do usuário, mas volta ao normal logo em seguida;
  • conforto — aspecto fundamental para qualquer pessoa dormir bem.

Essas características podem ser obtidas com a confecção em vários materiais, que trazem uma grande variedade de modelos de colchões ortopédicos para que possamos escolher aquele que mais se adapta às nossas necessidades.

No tópico a seguir, discutiremos um pouco sobre os modelos mais comuns e as características que tornam cada um deles uma ótima opção. Vamos lá?

Quais são os principais modelos de colchão ortopédico?

Se quando você ouvia falar em colchão ortopédico, imaginava um bem pesado, de madeira e muito desconfortável, é porque eles eram assim antigamente. Esses colchões eram feitos de uma caixa da madeira, revestida de uma fina camada de espuma.

A sensação de quem dormia em um desses era a de estar deitado no chão. Como você pode imaginar, não era muito confortável. No entanto, atualmente as coisas são bem diferentes. Com a evolução da tecnologia, outros materiais foram desenvolvidos para oferecer o resultado esperado.

Assim, as necessidades ortopédicas começaram a ser atendidas de uma forma muito mais eficaz e agradável. Hoje, há colchões feitos de vários materiais, que cabem nos mais diversos orçamentos e que fornecem uma noite muito confortável de sono.

Agora que você já entendeu que todas as pessoas da sua família merecem um colchão ortopédico, é hora de conhecer quais são os modelos mais comuns disponíveis no mercado. Confira abaixo!

Espuma

colchão de espuma é um dos mais conhecidos pelas pessoas. Ele é uma ótima opção para quem busca conforto com um preço mais acessível, ou seja, une o útil ao agradável. Esse costuma ter um menor custo e, o melhor: dá conta do recado, uma vez que oferece suporte para a coluna.

No entanto, se comparado com outros tipos de colchão, o de espuma pode oferecer durabilidade um pouco inferior. Mas, não se preocupe! Os colchões Americanflex têm durabilidade mínima de 5 anos, mesmo os que são fabricados com esse tipo de material.

Látex

Você certamente já ouviu falar sobre o látex, não é mesmo? Utilizado para a fabricação de inúmeros itens de consumo, esse é um material de custo relativamente baixo e que fornece uma série de benefícios.

Colchões confeccionados com látex também são interessantes para quem quer cuidar da saúde e da qualidade de vida. Eles são parecidos com os de espuma, mas, geralmente, oferecem durabilidade um pouco maior, dependendo da marca.

Molas

As molas estão entre os melhores materiais disponíveis em colchões, ortopédicos ou não. Colchões desse material são super-resistentes e costumam durar muito tempo, sem sofrer deformações. Outra vantagem marcante é que são bastante confortáveis.

Além do conforto para a coluna, eles podem contar com a tecnologia das molas ensacadas, que garante muito mais estabilidade e comodidade para quem está deitado. Essas molas são ótimas para camas de casal, por exemplo, porque proporcionam movimentos isolados. Desse modo, você mal sente quando alguém deita ou se levanta!

Viscoelástico

Talvez você ainda não tenha ouvido falar em viscoelástico, mas, provavelmente, já conhece os travesseiros da NASA. Eles são produzidos justamente com esse material! Sim, por mais incrível que possa parecer, a tecnologia presente nos travesseiros também pode ser encontrada nos colchões.

Ele se destaca porque dá um ótimo suporte e se molda completamente ao corpo. No entanto, por ser mais moderno, você pode demorar um pouco mais de tempo para se adaptar. Mas uma coisa é certa: depois, você não vai querer outro tipo de colchão em sua vida!

Qual é a importância da densidade de um colchão?

Definir qual material de colchão é o mais adequado para você e sua família é essencial. Contudo, há outro aspecto que merece atenção dos compradores: a densidade. É ela que determina a capacidade, em quilos, do colchão.

Seguir a recomendação da densidade do colchão é muito importante para manter o produto em boas condições por mais tempo. Afinal, você não quer um colchão deformado, certo?

Por isso, antes de comprar um colchão ortopédico novo, confira a tabela de densidade de cada loja. No caso do colchão de casal, o peso que deve servir de referência para a densidade é o maior.

Esse tipo de cuidado é fundamental para não se arrepender da compra. E não estamos falando apenas pelo lado financeiro: o que está em jogo é o seu conforto e o de toda a sua família.

Quais são as vantagens do colchão ortopédico?

A essa altura, você pode estar se questionando se optar por um colchão ortopédico faz mesmo tanta diferença. Para tirar essa dúvida, listamos algumas das vantagens que ele oferece à nossa saúde. Veja!

Previne e ameniza dores pelo corpo

Todo mundo já acordou, pelo menos uma vez, com dores no corpo, não é mesmo? Sabemos como elas podem comprometer a nossa rotina e a nossa qualidade de vida. A boa notícia é que você não terá mais esse problema se souber como escolher colchão ortopédico adequadamente.

Além disso, quando você já deita com dores no pescoço, nos ombros, na coluna ou nos joelhos, por exemplo, o colchão ortopédico também ajuda a reduzir o incômodo.

Garante um sono de melhor qualidade

Você chega em casa à noite e precisando muito descansar, para que consiga manter a rotina no dia seguinte. Mas já aconteceu de você deitar na sua cama e não conseguir achar uma boa posição para esse merecido relaxamento?

O colchão ortopédico, além de prevenir dores futuras e reduzir as que já existem, ainda se adapta perfeitamente ao corpo. É claro que o resultado é um só: um sono muito melhor. Afinal, qual pessoa não gosta de se sentir relaxada ao deitar, não é?

Oferece a sustentação ideal para o corpo

O maior diferencial do colchão ortopédico está na sustentação que ele oferece ao corpo. Geralmente, as dores que sentimos ao dormir vêm da má posição em que ficamos, o que força algumas partes do corpo, como coluna e ombros.

Isso não acontece com esse colchão, pois ele é feito na medida certa, sem ser muito macio nem duro. Então, permite que o nosso corpo repouse de forma muito leve, sem ocasionar nenhuma pressão indevida.

Evita pontos de pressão e malefícios às articulações

A última vantagem que destacamos aqui é a prevenção de problemas de saúde, e não só o tratamento dos distúrbios já existentes. O colchão ortopédico une características como a firmeza e a maleabilidade, respeitando as formas do corpo do usuário.

Assim, todo o seu corpo repousa tranquila e delicadamente, sem estar afundado demais em determinados pontos e erguido em outros. Significa que a sua postura permanece adequada mesmo enquanto você dorme, o que é excelente para evitar lesões nas articulações e nos ossos.

Como você pôde notar, saber como escolher colchão ortopédico é muito importante para aproveitar todas as vantagens que eles proporcionam. Para uma noite mais tranquila, sem dores e com a sustentação perfeita ao corpo, opte sempre pelo ortopédico. Ah, e não se esqueça de conferir a densidade do fabricante.

Para saber mais sobre colchões de qualidade e dicas para ter noites de sono muito melhores, siga os nossos perfis nas redes sociais. Estamos no Facebook e no Instagram !

Colchões Americanflex

6 Comentários

  • mario vilela

    Bom dia me infirme um colchão ortopédico p mim q softo de dor no tronco meu zap 82 988748646

    Reply
    • Americanblog

      Olá Maria!
      Geralmente pessoas que tem dor na coluna os médicos ortopedistas costumam indicar colchão de espuma, pois assim é possível calcular a densidade ideal para o seu biotipo (peso x altura).
      Poderia me informar qual o seu peso e altura?
      Se preferir pode entrar em contato com o whatsapp do nosso comercial que é 17 99200-6118 ou acessar nossa loja virtual http://www.americanflex.com.br e falar com um de nossos atendentes através do chat.

      Reply
  • Viviane Aparecida Bento

    Olá bom dia meu marido comprou uma cama conjugada semi ortopetica aquela q tem um revestimento de madeira e Menas espuma, e depois q passei a dormir nela com o tempo foi me dando terríveis dores na minha coluna ,e lombar. Agora passo o maior dor qnd eu me deito e principalmente qnd eu tenho q me virar de um lado pro outro.e como nunca tive problema de coluna será q a cama pode ter favorecido as do

    Reply
    • Americanblog

      Olá Viviane!
      Pode ser um dos motivos sim! Você dormir em um colchão que não fornece a sustentação adequada ao seu corpo faz com que sua coluna fique de forma irregular durante toda a noite, o que pode causar dores ao levantar.
      O ideal é você optar por um colchão com a densidade adequada ao seu biotipo. Para saber qual densidade escolher, pode acessar um conteúdo que preparamos sobre isso no endereço https://blog.americanflex.com.br/tudo-sobre-densidade-de-colchao/

      Reply
  • Marielaine

    Gostaria de saber qual o modelo de colchão com molas ensacadas mais firme. Pq sei que vcs tem mais macios e mais firmes. Qual é o modelo mãos firme, de molas ensacadas, casal?

    Reply
    • Americanblog

      Olá Marielaine, como a senhora está?
      Atualmente o nosso modelo mais firme de molas ensacadas é o Resiste Plus II. Acesse o link a seguir para conferir maiores informações e os valores da linha no tamanho casal: https://www.americanflex.com.br/resiste%20138

      Reply

Responder