Relaxamento

Conheça 5 benefícios de dormir do lado esquerdo

  • 10 de fevereiro de 2020

De lado, de barriga para cima, de bruços. Cada um tem uma posição predileta para repousar. Mas qual, afinal de contas, é o lado certo de dormir? Ele existe? A resposta é sim. Dormir do lado esquerdo é a melhor alternativa para a maioria das pessoas. Entretanto, isso não quer dizer que o conselho vale para todos.

Ao repousar do lado esquerdo, nosso corpo tem condições de usufruir de uma série de benefícios, como a melhora da circulação, o alívio das dores nas costas e, até mesmo, a eliminação das toxinas do organismo. Para tanto, é fundamental utilizar um travesseiro e um colchão apropriados.

Neste artigo, vamos abordar sobre a importância do travesseiro, como optar pelo item adequado, de que maneira ter um sono de qualidade e se existe um colchão ideal para cada pessoa. Além disso, você vai conferir quais são as 5 maiores vantagens de dormir do lado esquerdo e dicas de como se habituar a repousar nessa posição. Boa leitura!

Qual a importância do travesseiro e como acertar na escolha do produto?

O travesseiro impacta a qualidade do nosso sono, por isso, é fundamental utilizarmos o produto adequado na hora de dormir. Itens muito baixos podem provocar dor no pescoço e os muito altos, nas costas. É preciso, ainda, atentar para a conservação: os artigos duros demais causam desconforto na região da cabeça, prejudicando o repouso. Já quem opta por não utilizá-los sofrerá com desvios na coluna.

Sendo assim, é imprescindível usar o travesseiro apropriado e com o qual você se sente mais à vontade, seja ele feito em poliuretano, seja em viscoelástica ou em qualquer outro material.

A recomendação é dormir de lado e usar uma opção para apoiar a cabeça, além de outra mais fina, entre as pernas, a fim de garantir o conforto completo durante o sono. Ciente disso, confira a seguir dicas de como escolher o travesseiro perfeito para você!

Analise a matéria-prima

Os materiais utilizados na fabricação dos travesseiros influenciam diretamente em suas características. As alternativas em viscoelástica, por exemplo, moldam-se ao corpo e são bastante requisitadas. Já o item em poliuretano é formado por células que permitem a ventilação, promovendo o conforto térmico. As opções confeccionadas em látex também possibilitam a circulação de ar e o frescor.

Observe a altura

Ao deitar de lado, o pescoço deve formar um ângulo correspondente a 90° com o ombro. Para que isso aconteça, a altura do travesseiro precisa ser apropriada. Assim, o produto preencherá todo o espaço entre a cabeça e o colchão, garantindo o alinhamento da coluna cervical com o tronco.

Identifique a densidade

A densidade diz respeito à quantidade de espuma por metro cúbico presente em um travesseiro, por exemplo, ou em um colchão. Quanto mais denso, mais sustentação o produto oferece à cabeça ou ao corpo. Sendo assim, é preciso observar esse quesito e optar por um modelo adequado ao seu biótipo e ao seu gosto pessoal — ou seja, mais macio ou mais firme.

Considere as opções antialérgicas

Para quem tem alergias ou quer evitar a proliferação de microrganismos nos artigos utilizados para dormir, as opções antialérgicas são as melhores escolhas. Há, por exemplo, itens com proteção antiácaros, que previnem crises e garantem um sono confortável e tranquilo, promovendo mais disposição para realizar as tarefas do dia a dia.

Quais são os benefícios de dormir do lado esquerdo?

Agora que entendeu a importância do travesseiro e como acertar ao escolher esse artigo, saiba que os benefícios de dormir do lado esquerdo são muitos. Listamos, abaixo, alguns deles para você. Confira!

1. Elimina as toxinas do organismo

Ao optar pelo lado certo de dormir, o seu sistema linfático trabalha de forma mais eficaz, promovendo a desintoxicação do organismo. Além disso, a posição adequada melhora a circulação do sangue para o coração, estimula a digestão e ajuda no fluxo da bílis (o líquido que o fígado expele).

2. Auxilia na digestão

Dormir do lado esquerdo ajuda a mover os resíduos de alimentos com mais facilidade do intestino grosso para o cólon inferior, facilitando a eliminação de fezes pela manhã. O organismo também cria enzimas pancreáticas, o que auxilia no processo digestivo.

3. Melhora a circulação de sangue

Repousando do lado esquerdo, a circulação sanguínea melhora significativamente. A pressão arterial diminui pelo fato de a gravidade ajudar o fluxo por meio da artéria aorta. Vale lembrar, ainda, que a maior parte do coração está localizada na área esquerda do corpo.

4. Diminui a azia e o refluxo

Como o estômago encontra-se ao lado esquerdo do corpo, quando nos deitamos nessa posição automaticamente o mal-estar e o refluxo tendem a diminuir. Logo, se você sofre com esses problemas, evite a face direita, pois os sintomas podem piorar.

5. Alivia dores nas costas

O lado certo de dormir alivia o peso sobre a espinha dorsal e, por conseguinte, preserva a região das costas. Portanto, tal posição é excelente para ajudar no combate das dores crônicas.

Dormir sobre o lado esquerdo é bom durante a gravidez?

Dormir do lado esquerdo também é considerado benéfico durante a gravidez porque auxilia na circulação. Essa posição impede que o útero cause pressão demasiada sobre o fígado, melhora o fluxo sanguíneo para o útero e os rins e alivia o peso nas costas, principalmente para quem sofre com dores na região nesse período.

Além disso, o lado certo de dormir proporciona à grávida mais conforto, uma vez que não comprime a veia cava. De outra parte, deitar do lado direito e de barriga para cima pode gerar falta de ar, sudorese e enjoo.

O lado esquerdo é indicado para todos?

Pessoas com problemas cardíacos e que tiveram acidente vascular cerebral (AVC) devem evitar dormir do lado esquerdo. O indicado é optar pela posição oposta, ou seja, a direita, para reduzir a frequência cardíaca e a pressão arterial.

Nesses casos, dormir do lado considerado certo poderia ter um efeito negativo sobre o sistema nervoso simpático, que se encarrega dos batimentos cardíacos e da pressão sanguínea normais.

Como se habituar ao lado certo de dormir?

Se você tem o costume de dormir em outra posição que não seja a esquerda, pode demorar um pouco para se acostumar. Para facilitar o hábito, veja abaixo algumas dicas que separamos:

  • mantenha uma luz acesa do lado direito, pois, naturalmente, o seu corpo vai querer se afastar dela enquanto dorme;
  • experimente virar para o lado esquerdo e pressione um travesseiro contra suas costas. Isso vai impedir que você vire para a outra posição durante a noite;
  • mude o lado da cama em que você dorme. Desse modo, fica mais fácil se adaptar à nova posição.

Essas pequenas mudanças vão proporcionar uma melhora na qualidade do seu sono e, consequentemente, na sua saúde. Por isso, não deixe de seguir as nossas dicas para se habituar a dormir do lado esquerdo.

Como ter um sono de boa qualidade?

Uma boa noite de sono não tem a ver apenas com a quantidade, mas também com a qualidade. Alguns adultos sentem-se satisfeitos ao dormir por seis horas; outros, no entanto, precisam de um pouco mais — ao menos oito.

Ademais, como dissemos, a qualidade do sono vai além das horas dormidas. É preciso que durante o período de repouso estejamos sobre um colchão e um travesseiro confortáveis que, de fato, promovam noites tranquilas e revigorantes.

Vale lembrar que o sono tem uma importante função restauradora e contribui diretamente para saúde e a qualidade de vida das pessoas. Ele é composto por cinco fases, a saber:

  • etapas 1 e 2: são chamadas de sono leve e promovem o relaxamento e o esfriamento;
  • etapas 3 e 4: dizem respeito ao sono profundo, o qual é capaz de revigorar;
  • etapa 5: é denominada sono REM (Rapid Eye Movement ou Movimento Rápido dos Olhos), momento em que os sonhos mais vívidos acontecem.

Em uma noite de sono normal, cada ciclo dura cerca de 90 a 110 minutos e se repete até a hora de acordar. Por sua vez, os prejuízos de noites mal dormidas são imediatos e podem comprometer, até mesmo, a nossa saúde física e emocional. Logo, além de optar pelo lado certo de dormir, a escolha de um bom colchão é fundamental para garantir conforto e tranquilidade durante o repouso noturno.

Existe um tipo ideal de colchão para cada pessoa?

Para escolher produto ideal para dormir, é importante que cada pessoa leve em conta o gosto pessoal e suas individualidades. Assim, se a preferência é por um colchão de molas, a princípio, não há razões para trocar de alternativa ao adquirir um novo produto.

Seja de molas, seja de espuma, ao comprar um colchão, é fundamental observar se ele é mais macio ou mais firme e levar para casa a opção que você se sente mais confortável. Lembrando que há quem prefira os modelos intermediários, ou seja, nem macio nem firme demais.

Os colchões de espuma, em particular, têm diferentes densidades, as quais são apropriadas para biótipos específicos. Para conservá-los por mais tempo, a recomendação é girá-los, e virá-los caso sejam double face, de forma periódica. Assim, evitamos o desgaste prematuro do item e garantimos que dure por mais tempo.

Por sua vez, os colchões de molas contam com molejos variados, os quais suportam pesos específicos, a depender do modelo. Há as opções de molas ensacadas (também conhecidas como pocket), que são costuradas uma a uma — isto é, de forma individual, gerando conforto e estabilidade —, assim como o molejo Tripower (bonnel), as quais são entrelaçadas entre si.

Agora, sim, você sabe quais são os benefícios do lado certo de dormir, de dormir do lado esquerdo e por que é importante optar por produtos adequados. Para finalizar, saiba que é fundamental manter os devidos cuidados com o travesseiro — deixá-lo respirar ao sol regularmente — a fim de que promova o conforto durante o repouso. Já a troca desse item precisa ser feita de dois em dois anos.

E então, gostou do nosso post? As informações apresentadas foram úteis e relevantes? Se sim, saiba que outras pessoas precisam tomar conhecimento delas. Faça a sua parte e compartilhe este conteúdo em suas redes sociais agora mesmo!

Colchões AmericanflexPowered by Rock Convert

Sem Comentários

Responder