Dicas

Higiene do Sono: Seu filho tem o ambiente ideal para dormir?

  • 29 de março de 2018
Higiene do sono

Anoiteceu, chegou a hora de dormir! Alimentamos nossos filhos, os levamos para o quarto… eles estão cansados, mas por que lutam tanto para dormir? Você já parou para pensar que o ambiente do quarto pode não estar tão propício para que eles durmam com facilidade e necessita de uma higiene do sono?

Esse conceito está diretamente ligado à qualidade do sono das crianças (e também dos adultos), e abrange alguns fatores que podem prejudicar esse momento, tornando o adormecer mais complicado e fazendo com que os pequenos já acordem se sentindo cansados e insatisfeitos. Pouco a pouco, isso se torna um ciclo que afeta todos os moradores da casa.

Mas afinal, o que é a higiene do sono? Como podemos lidar com essa questão e fazer com que as crianças tenham um sono de mais qualidade? A seguir, mostraremos os principais aspectos desse conceito e traremos dicas para facilitar a sua vida e o sono de seu filho. Boa leitura!

O que é a higiene do sono e qual é a sua importância?

A higiene é um fator fundamental nos mais diversos aspectos de nossas vidas. Há centenas de anos atrás, por exemplo, milhares de pessoas perderam as suas vidas devido à falta de saneamento básico, o que ocasionou a propagação de doenças severas como a peste bubônica.

Ainda hoje, em regiões vulneráveis socioeconomicamente, é comum que indivíduos sofram com os efeitos da falta de higiene nas cidades e no ambiente em que vivem, especialmente em locais com esgotos a céu aberto.

Por isso, é fácil perceber como a higiene é benéfica para a nossa saúde. O mesmo vale, evidentemente, para a hora de dormir. O excesso de elementos em um quarto, por exemplo, ou a prática de hábitos inadequados pode tornar o período do sono muito ‘’poluído’’, gerando um sono de qualidade insatisfatória.

Esse problema afeta pessoas de todas as faixas etárias, mas é particularmente nocivo para as crianças. Afinal, é durante o sono que o aprendizado se concretiza nos cérebros da criançada e que suas baterias são recarregadas para um novo dia repleto de descobertas.

Pensando nisso, precisamos falar sobre os aspectos que interferem na qualidade do sono das crianças (desde bebês até as mais crescidinhas) e também citar dicas de como melhorar esse período do dia para os nossos filhos.

Quais fatores influenciam o sono?

Devemos inicialmente entender que o que nos incomoda, pois as mesmas coisas certamente incomodam os bebês e as crianças também. De acordo com o site “Parenting Science“, pesquisadores concluíram que a maioria dos problemas do sono são causados por fatores ambientais, ou seja, talvez o ambiente do quarto do seu filho não seja o ideal para propiciar o sono saudável.

Será que o quarto dele é silencioso ou sofre influência do som externo? O quarto dele é fresquinho? Tem luzes demais (da câmera, luz de espera da TV, luz de apoio)? Esses são pequenos fatores que influenciam, e muito, na qualidade de sono das crianças, com os quais devemos ficar bastante atentos.

A seguir, veremos alguns fatores que podem influenciar o sono de maneira negativa:

Ruídos

Dormir com barulhos excessivos não é nada agradável, não é mesmo? Além disso, muitas crianças têm o sono extremamente leve, e a presença de barulhos pode prejudicar consideravelmente a qualidade do sono dessa galera.

Temperatura

Um dos fatores mais importantes no conforto na hora de dormir é a temperatura. Dormir em ambientes excessivamente quentes ou frios é praticamente impossível e, por isso, o conforto térmico deve ser uma prioridade para os pais e responsáveis na hora de colocar os pequenos na cama.

Iluminação

Muitas vezes, a iluminação pode mexer com o relógio biológico e enganar os sentidos, fazendo com que acreditemos que ainda é dia. Ambientes completamente escuros são sempre os mais recomendados para estimular a produção de melatonina pelo organismo, auxiliando em um sono mais profundo e duradouro.

Horário de dormir

Ainda falando sobre o relógio biológico, é necessário citar que dormir e acordar cada dia em um horário diferente é um fator crucial na determinação da qualidade do sono, além de causar outros problemas, como a insônia.

Qualidade do colchão e do travesseiro

Produtos de má qualidade farão com que o sono das crianças não seja nada satisfatório. Dormir em colchões e travesseiros inadequados pode gerar dores, desconfortos e fazer com que a criança acorde diversas vezes durante a noite.

colchão ideal para você

Como proporcionar um sono de qualidade para as crianças?

Agora que já vimos quais são os fatores que tornam difícil os bebês e crianças adormecerem, e fazem com que o sono deles seja de péssima qualidade, que tal conferirmos as maneiras de consertar essa situação? Vamos lá!

Crie uma rotina

Uma das principais causas dos problemas com o sono é, sem dúvidas, a falta de uma rotina bem definida em todas as fases de nossas vidas. Por isso, a melhor maneira de fazer com que seu filho durma bem é começar a implementar algumas regras desde já.

O relógio biológico do ser humano é muito sensível e, portanto, precisa de horários bem regrados. Colocar o bebê para dormir sempre no mesmo horário pode parecer ineficiente à princípio, mas fará toda a diferença a longo prazo, quando o organismo começar a se habituar.

Além disso, o horário de acordar é muito importante e também deve ser respeitado. Com o passar do tempo, tudo se tornará praticamente automático, e a hora de adormecer ficará muito mais tranquila para todos os envolvidos.

Cuide da iluminação

E quanto à decoração do quarto? Tem luzes por todo canto? Apague todas elas já! A luminosidade, inclusive as luzes de espera dos equipamentos eletrônicos (que chamam a atenção das crianças e impedem que durmam bem), impede a produção de melatonina, fundamental para a regulação do relógio biológico.

Deixe o ambiente bem escuro, e caso precise de uma luz de apoio para se movimentar no quarto, use a luz do corredor. A prioridade é que não haja nenhuma luz no quartinho deles!

Apesar disso, sabemos que algumas crianças têm medo do escuro e, por isso, é possível deixar uma luminária bem distante, preferencialmente com uma luz neutra (de cores como o azul, por exemplo). Assim, elas se sentem mais confortáveis e não têm o sono afetado negativamente.

Diminua os ruídos

Então vamos logo ao ponto: não adianta esperar que durmam bem se o barulho da rua é alto. Outro problema pode ser uma casa muito silenciosa, que faz com que qualquer ruído repercuta por todos os outros ambientes. Mas o que pode ser feito para que os ruídos não perturbem o sono deles?

Inclua no ambiente do bebê um ruído branco (como o de ventiladores, ar-condicionado ou trocadores de calor), ou mesmo ruídos brancos fornecidos por alguns aplicativos. Deixe-os ligado toda a noite, num volume baixo, mas que isole o ruído externo.

Outra dica, caso os ruídos brancos não agradem o pequeno, é investir em sons e músicas considerados ‘’ambiente’’, como o barulho da chuva ou diversos ruídos da natureza. Apesar de não serem neutros, eles trazem uma sensação de conforto e ajudam a isolar barulhos nocivos que dificultam o sono.

Mantenha o quarto fresquinho

E a temperatura do quarto durante a noite? É muito quente ou muito frio? O ambiente é aquele que pega todo o sol da tarde e acaba ficando mais quente que o resto da casa ou não pega sol hora nenhuma e acaba ficando frio?

A temperatura influencia muito na qualidade do sono. Não podemos estar sentindo nem frio nem calor, portanto, devemos nos atentar à qualidade do colchão (os fabricados com fibras artificiais esquentam muito) e à roupa que estamos colocando, avaliando se correspondem à temperatura do ambiente.

Se necessário, avalie incluir um ventilador, ar-condicionado ou aquecedor (de quebra, acabamos resolvendo junto o problema do ruído externo, afinal esses equipamentos emitem um ruído que isola o ruído da casa!).

Invista em produtos de qualidade

Por fim, a compra de produtos de qualidade é fundamental para garantir um sono igualmente repleto de benefícios para as crianças. Podemos começar pela escolha da cama ou do berço dos pequenos, que devem ser adequadamente seguros para essa faixa etária.

Além disso, bons colchões são fundamentais para garantir um sono realmente revigorante, evitando que a criança fique acordando ou desperte se sentindo cansada pela manhã. Outra importância dos produtos de qualidade é a prevenção de dores e problemas na região da coluna.

Os travesseiros também devem ser levados em consideração e respeitar as particularidades do corpo da criançada. Eles devem ter a altura correta e, preferencialmente, serem antialérgicos, evitando também os problemas respiratórios que tanto acometem as crianças em idade escolar.

Gostou de conhecer algumas particularidades sobre a higiene do sono e descobrir como pode aplicá-la em sua residência? Com essas dicas, é muito provável que a qualidade do sono do seu filho melhore consideravelmente, trazendo muito mais qualidade de vida para ele e para toda a família!

Colchões AmericanflexPowered by Rock Convert

Sem Comentários

Responder