Relaxamento

O que é mindfulness e como a técnica pode ser usada para dormir melhor?

  • 12 de dezembro de 2019

O estresse, a ansiedade e, até mesmo, as mazelas que afetam o nosso corpo estão entre os grandes causadores da insônia. Para combatê-la, é preciso investigar a origem e procurar ajuda especializada. Mas há, também, uma alternativa muito eficiente, empregada para estimular o sono: trata-se do mindfulness para dormir.

Já ouviu falar? Em resumo, o mindfulness promove o relaxamento da mente e do corpo, e, por isso, auxilia bastante as pessoas que sofrem de insônia. No entanto, esse recurso também é aplicado para outros fins, já que ele, ao ser praticado de maneira apropriada, proporciona bem-estar físico e mental.

Neste artigo, vamos explicar em detalhes o que é mindfulness, as causas da insônia e as técnicas utilizadas para dormir melhor. Entenda!

O que é mindfulness?

Traduzido para a nossa língua como “atenção plena”, o termo inglês mindfulness é uma técnica para manter a mente completamente atenta ao que acontece, ao que você realiza e ao ambiente em que se encontra. Ao experimentá-lo, temos o oportunidade de estar presente, sem analisar, avaliar ou fazer julgamentos.

O mindfulness tem origem nas tradições contemplativas orientais. Porém, dado os benefícios que proporciona à saúde — os quais são reconhecidos por uma parcela dos profissionais da psicologia e área médica —, é também utilizado como recurso complementar para tratar problemas como a dor crônica, a dependência química, a ansiedade e a depressão.

Sabemos que quando divagamos e nos preocupamos com o futuro, nossa ansiedade tende a aumentar. Por outro lado, se mantemos nosso corpo e nossa mente conscientes de algo, bem como nossas emoções e nossos pensamentos voltados para o presente, temos uma capacidade maior de alcançar o tão almejado estado de paz e tranquilidade.

Essa é a filosofia do mindfulness, que nos ajuda a criar espaço para a percepção. Embora seja inata, a atenção plena pode ser desenvolvida e aprimorada por meio de técnicas comprovadas que contribuem, inclusive, com uma noite de sono melhor. Porém, antes de conhecê-las, entenda quais são as principais causas da insônia no tópico a seguir.

Qual a origem da insônia?

Os problemas para dormir têm causas variadas, podendo surgir por fatores cognitivos, emocionais e fisiológicos. Quando a nossa mente está acelerada, por exemplo, a qualidade do sono é comprometida. Muitas vezes, pessoas que se encontram nesse estado passam noites em claro e seus dias tornam-se extremamente cansativos e pesados.

Questões emocionais, como ansiedade e depressão, também geram insônia em grande parte dos indivíduos. A falta de acompanhamento e tratamento adequados só agrava o quadro, principalmente nos casos em que a pessoa passa a se automedicar e torna-se dependente dos remédios, que deixam de fazer efeito com o tempo.

Da mesma forma, fatores fisiológicos atrapalham a qualidade e a rotina do sono. Tensões corporais e dores na coluna, por exemplo, causam desconforto e dificultam o relaxamento da mente e do corpo, impedindo o descanso tranquilo e revigorante. Além de procurar ajuda médica, é importante avaliar o estado do seu colchão, pois muitos desses problemas são decorrentes de um produto vencido ou inapropriado.

Quais são as técnicas de mindfulness para dormir melhor?

As técnicas de mindfulness para dormir melhor são realizadas de forma consciente ou podem estimular o inconsciente — isso ocorre, por exemplo, quando o estado hipnótico leve e de duração adequada é instigado. Qualquer pessoa que pretenda manter a mente completamente alerta no presente pode aplicá-las no dia a dia.

O mindfulness, ao nos proporcionar bem-estar físico e mental, ajuda-nos a encontrar soluções para questões do cotidiano, tomar decisões acertadas e, até mesmo, curar problemas emocionais e fisiológicos. Dito isso, saiba, agora, quais são algumas das principais técnicas de atenção plena que auxiliam no combate à insônia!

Respiração

Mais que absorver oxigênio, a respiração está relacionada com o funcionamento e o comportamento do cérebro. Aliás, o ritmo adotado no ato de respirar gera atividade elétrica cerebral e, por conseguinte, melhora o estado emocional e a memória. Mas os benefícios desse processo dependem de como inalamos ou expiramos o ar.

Além disso, o fato de respirar pela boca ou pelo nariz também influencia no trabalho do cérebro. O ideal é utilizar a musculatura do diafragma, sendo que o processo precisa ser feito de maneira profunda e lenta, ou seja, pausadamente. Isso é válido tanto no momento de inspirar como expirar.

Meditação

A meditação deve ser uma prática cotidiana, e uma boa maneira de iniciá-la é prestar atenção à respiração. É preciso, também, concentrar-se no presente e no espaço em que você se encontra. Assim, é possível relaxar a mente, diminuir a ansiedade e o estresse e, consequentemente, estimular o sono.

Essa técnica de mindfulness é bastante aplicada para dormir, porém, ao ajudar o indivíduo a focar nas experiências, nas emoções e nos pensamentos do momento, ela também é utilizada para aliviar o peso dos problemas e da rotina, de forma a auxiliar na tomada de consciência e em escolhas mais acertadas.

Escaneamento corporal

O escaneamento corporal possibilita entrar em contato com uma experiência única conosco mesmo. Durante a execução dessa técnica, é fundamental não rejeitarmos o corpo nem julgar os sentimentos que nos incomodam ou, até mesmo, termos apego às sensações agradáveis do momento.

Para realizá-lo, basta sentar-se em uma posição confortável e manter a coluna ereta ou, se preferir, deitar e fechar os olhos. O escaneamento corporal ocorre enquanto respiramos. Nessa hora, é preciso “escanear” cada parte do corpo, sem pressa, a fim de atingir o estado de relaxamento.

Higienização mental

Existem muitas formas de higienizar nossa mente das situações e dos problemas cotidianos. Uma dica é descobrir quais atividades nos proporcionam prazer e relaxamento e praticá-las poucas horas ou instantes antes de dormir. Para muitas pessoas, escutar uma canção calma funciona bem; para outras, basta se lembrar de um momento feliz.

Como você pôde perceber, o mindfulness para dormir é uma técnica que traz benefícios ao nosso corpo e a nossa mente ao nos manter totalmente concentrados ao que acontece, ao que realizamos e ao espaço que ocupamos. Por esse motivo, a busca por esse recurso é grande não apenas por quem sofre de insônia, mas também pelas pessoas que almejam bem-estar.

E então, gostou de saber mais sobre a técnica de atenção plena? Que tal, agora, conferir outro conteúdo útil e relevante? Descubra como e por que a música ajuda a dormir!

Colchões AmericanflexPowered by Rock Convert

Sem Comentários

Responder