Relaxamento

Por que é comum sentir sono depois do almoço? Descubra!

  • 13 de maio de 2019
sono depois do almoço

O corpo humano é cheio de fatos incríveis. Ele funciona como uma máquina e todos os seus sistemas e órgãos estão interligados. Por isso, entender alguns processos pode ser um tanto quanto difícil e as causas do sono depois do almoço está entre as curiosidades mais comuns sobre o nosso organismo.

Esse fato é algo muito curioso e que traz dúvidas para a maioria das pessoas. Pare para pensar: quem nunca sentiu aquela sonolência praticamente incontrolável logo após a hora do almoço? Esse pode ser, inclusive, um problema, já que muitas pessoas precisam voltar ao batente logo após a pausa do meio-dia.

Pensando nisso, preparamos um artigo que tem como objetivo explicar a origem dessa situação e discuti-la, a fim de oferecer dicas importantes para combater o sono excessivo nesse período. Dessa maneira, você poderá ter muito mais produtividade logo após almoçar. Boa leitura!

Quais são as causas do sono depois do almoço?

A situação é bastante comum. Você está trabalhando e, após a hora do almoço, é sempre a mesma história: um sono avassalador toma conta de seu corpo e o torna completamente improdutivo.

Muitas pessoas passam por esse episódio todos os dias e a maioria delas não compreende as razões que levam a isso, não é mesmo? Quanto a isso, temos duas notícias e, felizmente, ambas são positivas. A primeira é que há uma razão para que isso aconteça. A segunda é que é perfeitamente possível evitar essa situação complicada.

Antes de mais nada, vamos responder quais são as principais causas para tanto sono após o almoço. E para isso, o primeiro passo é desmistificar algumas ideias que temos sobre o assunto.

A maioria das pessoas acredita que a razão do sono exagerado logo após a refeição do almoço diz respeito à quantidade de comida ingerida. O senso comum nos diz que, por conta da ingestão de uma refeição mais ‘’robusta’’, necessitaríamos de mais energia para realizar a digestão, o que nos deixaria mais cansados e sonolentos.

No entanto, embora as ideias acima não estejam completamente equivocadas, elas podem estar associadas a outras causas comuns. Entre as principais, podemos citar o funcionamento do relógio biológico, que após algum tempo ‘’ligado’’ começa a mostrar sinais de que precisa relaxar.

Cochilar depois do almoço faz bem ou mal?

Com isso, surge a pergunta: será que cochilar logo após o almoço é uma prática benéfica para a saúde e a produtividade? Em muitas culturas, especialmente as de influência hispânica, a boa e velha ‘’sesta’’ (ou siesta, na língua espanhola) é algo muito comum.

Em países mais quentes, como é o caso do Brasil, a sonolência após o almoço é ainda mais recorrente. As altas temperaturas, quando somadas ao ritmo do relógio biológico e à energia necessária para a digestão, são os ingredientes perfeitos para aquela moleza que já conhecemos tão bem.

Por isso, fazer um cochilo breve (de até 30 minutos) após o almoço é, sim, algo recomendado pelos especialistas. O sono nos ajuda a regular a temperatura corpórea e pode fazer com que fiquemos mais atentos no decorrer do dia. O importante é não exagerar, já que cochilos muito longos (que ativem o chamado sono REM) podem causar o efeito rebote e nos deixar ainda mais cansados.

Algumas empresas já disponibilizam um espaço destinado apenas às sestas, respeitando as necessidades fisiológicas do corpo humano e compreendendo que essa prática é muito vantajosa para o funcionário e para a produtividade geral do empreendimento.

Quais alimentos devem ser evitados para deixar a sonolência bem longe?

No entanto, sabemos que nem todos os ambientes de trabalho permitem os cochilos ou disponibilizam a infraestrutura necessária para que eles ocorram de modo confortável. Nesses casos, é indicado evitar almoços com os seguintes alimentos, a fim de reduzir a sonolência geral:

  • arroz branco;
  • macarrão;
  • pizza;
  • refrigerantes;
  • alimentos gordurosos;
  • carnes vermelhas.

No geral, os alimentos que devem ser evitados são aqueles conhecidos como ‘’carboidratos simples’’, que têm uma rápida queima energética e são rapidamente convertidos em açúcar. A curto prazo, eles dão muita energia, mas assim que o pico glicêmico cede, vem a sonolência.

Quais alimentos devemos incluir em nosso almoço para evitar o sono?

Para evitar esse tipo de efeito rebote, devemos fazer um almoço balanceado e com carboidratos de qualidade. Esses, ao contrário dos mencionados acima, liberarão energia aos poucos em nossa corrente sanguínea, fazendo com que fiquemos despertos por muito mais tempo. Alguns bons exemplos são:

  • cereais integrais (como o arroz);
  • massas preparadas com farinha integral;
  • saladas variadas;
  • carnes magras;
  • alimentos assados ou grelhados com pouco óleo.

Além de serem bons tipos de carboidratos e gorduras, esses alimentos têm uma digestão muito mais equilibrada, fazendo com que menos energia seja necessária para executar essa tarefa. Assim, nos sentimos menos pesados e, consequentemente, menos sonolentos.

Como podemos evitar o sono depois do almoço?

Além dos cuidados com os hábitos alimentares, outras dicas podem contribuir para evitar o sono logo após o almoço e fazer com que o dia seja muito mais produtivo. Confira algumas das principais, a seguir:

  • mantenha-se hidratado, já que a desidratação pode levar à sonolência (graças à redução no metabolismo geral do indivíduo);
  • se mexa sempre que possível, ainda que seja um alongamento leve ou uma breve caminhada;
  • exponha-se ao sol, já que a luz solar impede a produção de hormônios relacionados à sensação de sonolência;
  • consuma alimentos ou bebidas com cafeína, como o chocolate meio amargo ou o bom e velho cafezinho.

Como podemos observar, o sono depois do almoço é uma situação natural do nosso organismo. Ele pode depender de uma série de fatores, inclusive dos alimentos que fazem parte das nossas refeições. Por isso, com algumas dicas básicas, é possível reduzir esse problema e tornar a nossa segunda parte do dia muito mais produtiva e animada!

E você, sente muito sono após o almoço? O que você costuma fazer para evitar esse tipo de situação? Conhece alguma dica interessante? Então, compartilhe com a gente nos comentários deste post. Até a próxima!

Colchões AmericanflexPowered by Rock Convert

Sem Comentários

Responder