Dicas

Tecnologia para o sono: conheça as ferramentas que podem ajudar!

  • 8 de abril de 2019
monitor do sono

Você já deve ter ouvido falar que ver televisão ou ficar pendurado no celular antes de dormir são péssimos hábitos, certo? Isso é verdade, mas os aparelhos eletrônicos podem não ser apenas vilões nessa história, e a tecnologia está aí para provar isso.

Usada da maneira correta e com inteligência, a tecnologia para o sono pode favorecer e muito as suas noites bem-dormidas. O monitoramento do descanso já é uma realidade acessível aos consumidores em geral, sendo possível usar o celular e outros dispositivos para avaliar a qualidade do sono e até melhorá-la.Se você quer saber como tanta inovação pode ajudar você a dormir melhor e quais são as ferramentas disponíveis para isso, este post é para você. Acompanhe!

A importância do sono para o dia a dia

Dormir bem é um dos pilares da boa saúde, porém, a qualidade do sono nem sempre está relacionada à quantidade de horas que você permanece na cama. Mesmo cumprindo o período de descanso recomendado, muitas pessoas não repousam o suficiente.

Diversos fatores influenciam a qualidade do sono, como a temperatura e a luminosidade do ambiente, o modelo do colchão e as condições fisiológicas, como os distúrbios do sono. Além disso, dormir demais também não é bom.

Assim, os efeitos de uma noite mal dormida variam desde dores no corpo e cabeça até a queda da produtividade, com perda de concentração, diminuição da capacidade de aprendizagem e sonolência ao longo do dia, causando estresse e ansiedade.

Então como saber se estamos realmente dormindo bem? Sabemos que o sono ocorre em ciclos e que podemos despertar muitas vezes durante a noite, mesmo sem consciência disso. Mas afinal, como mensurar quanto tempo do sono foi realmente bem-dormido?

Até pouco tempo era difícil fazer isso sem a ajuda de outra pessoa ou mesmo de exames específicos, porém, hoje contamos com a tecnologia de monitoramento de sono a nosso favor.

Os dispositivos de tecnologia para o sono disponíveis

A tecnologia já invadiu grande parte das nossas vidas, trazendo inúmeros benefícios e facilidades para o dia a dia. Com cada vez mais pessoas apresentando dificuldades para dormir, e com o tempo cada vez mais escasso para o descanso, a indústria enxergou uma brecha para ajudar as pessoas a otimizarem seu sono por meio da inovação tecnológica.

Assim surgiram os monitores do sono, produtos disponíveis em diversos modelos, de aplicativos de celular a dispositivos vestíveis e sensores para serem colocados sob o colchão ou travesseiro.

Trata-se de wearables, como pulseiras e faixas abdominais, ou de dispositivos non wearables — que não exigem contato direto com o corpo — como o Sleepace Sleep Dot  e o Sleepace RestOn, ambos da Americanflex.

Essas ferramentas são capazes de rastrear o padrão de sono do usuário por meio de sensores que detectam alguns parâmetros, como os ciclos do sono, a frequência cardíaca, a respiração, os movimentos corporais, entre outros.

Como funcionam?

A principal forma de detectar se uma pessoa está dormindo é por meio do monitoramento dos movimentos corporais. Assim, os sensores em contato direto ou indireto com o corpo, por meio do colchão ou travesseiro, inferem o período de sono com base na redução nos movimentos.

Já os aplicativos de Smartphone usam o acelerômetro do aparelho, que detecta indiretamente os movimentos na cama. De acordo com a sensibilidade da ferramenta, é possível mensurar as oscilações de movimento, que são associadas às fases do sono.

Os dados coletados pelos aparelhos são analisados para a emissão de relatórios com informações sobre a quantidade e a qualidade de horas dormidas. Além de fornecer informações e dicas para melhorar o sono, ajudam a identificar o problema e sugerir soluções para ele.

Para quem são indicados?

Diante da correria dos dias de hoje e da epidemia que se tornaram os problemas para dormir, monitorar o sono pode trazer benefícios para todo mundo. No entanto, o uso de dispositivos é especialmente indicado para quem tem pouco tempo para descansar ou apresenta alguns sintomas, como cansaço e sonolência, dificuldades de concentração e dores no corpo ao acordar.

O uso de monitores do sono também é essencial para detectar distúrbios como insônia, sonambulismo, apneia e bruxismo. Os produtos Sleepace, por exemplo, detectam a temperatura e a umidade ambiente, além dos movimentos corporais e ciclos do sono, e até mesmo os batimentos cardíacos e a taxa respiratória, dependendo do modelo.

Algumas dicas para dormir melhor

Apesar de a tecnologia vir se tornando uma poderosa aliada na busca por melhores noites de sono, uma rotina saudável e o bom e velho ritual para dormir ainda são indispensáveis.

Por isso, para dormir melhor, não deixe de ter atenção a esses pontos:

  • mantenha hábitos saudáveis, como uma dieta equilibrada e a prática de atividades físicas;
  • invista em atividades relaxantes antes de dormir, como um banho morno e uma boa leitura, criando um ritual do sono;
  • evite determinados estímulos antes de deitar, como exercícios intensos, uso de eletrônicos e consumo de bebidas à base de cafeína;
  • invista em um bom colchão adequado ao seu tipo físico e com qualidade comprovada;
  • cuide do ambiente, a temperatura e a iluminação podem interferir bastante na qualidade do sono;
  • tenha um horário definido para ir se deitar, a rotina é fundamental para criar bons hábitos de sono;
  • saiba a hora de se levantar, caso o sono não venha após 30 minutos, prefira buscar outra atividade até o sono vir do que ficar rolando na cama. Isso só aumentará a sua ansiedade;
  • caso você apresente algum distúrbio do sono, procure um especialista para o tratamento adequado.

Hábitos saudáveis aliados à tecnologia podem ajudá-lo a dormir cada vez melhor, aproveitando as horas de descanso para, efetivamente, se recuperar do dia a dia. Afinal, o sono é essencial para manter a saúde e dar conta da rotina intensa da vida moderna.

Nesse sentido, a tecnologia para o sono vem como uma tendência forte no setor, trazendo inúmeras ferramentas que prometem não só monitorar o descanso, como também ajudar a melhorar a qualidade das horas de repouso.

Agora que você já entendeu como a tecnologia pode ajudar a dormir melhor, que tal conhecer os nossos monitores do sono? Para isso, acesse o nosso site.

Colchões AmericanflexPowered by Rock Convert

Sem Comentários

Responder